sexta-feira, 3 de agosto de 2012

ANIVERSÁRIO

Querendo Deus, no próximo dia 19 de Agosto celebraremos o 90º aniversário da nossa Igreja. O Culto de Acção de Graças terá lugar às 16 horas e será orador o Pastor Manuel Alexandre Júnior da Igreja Baptista da Amadora.

A REVOLUÇÃO COMERCIAL

A sociedade contemporânea sofre a influência daquilo a que poderíamos chamar uma “revolução comercial”. No mundo moderno o que importa é o estilo, a aparência, o exterior. É a imagem, a embalagem que conta ou que pesa substancialmente na escolha do que se adquire.
Este um sintoma inquietante, revelador da superficialidade, da leviandade e da profunda ignorância em que vive grande número dos nossos contemporâneos. No entanto, este sintoma é indiciador de algo muito mais grave quando se deteta no seio dos próprios crentes.
Recentemente, fizeram-se estudos nos Estados Unidos sobre as reações dos crentes à prégação do Evangelho. Qual não foi o espanto ao verificarem que o importante para a maioria dos inquiridos não era o conteúdo da mensagem, mas sim o estilo em que era apresentada, nomeadamente, se o prégador sorria muito e contava histórias divertidas… Quanto ao que ele dizia davam pouca importância.
Eis um inquérito que veio demonstrar a gravidade da moléstia que afeta as igrejas Evangélicas no mundo, pois pensamos que na Europa e em Portugal o resultado seria semelhante. Como consequência, a vivência dos cristãos deixou de ter a força necessária para ser o sal da terra e a luz do mundo. Agora o sal é insípido e a luz é tão ténue, quando ainda existe, que não alumia nada, nem ninguém.
Infelizmente, muitos pregadores apercebendo-se desta realidade, em vez de remarem contra a corrente e procurarem exortar o povo a uma vivência mais profunda e real da fé Cristã, aproveitam a maré da facilidade e nadam ao sabor da corrente.
Não admira que à nossa volta pululem “igrejas” que se definem pela superficialidade e leviandade com que encaram a prática da fé Cristã: tudo é facilidades, o caminho sempre largo e sem obstáculos… o que importa é rir, folgar e saltar! Não há tempo para pensar seriamente no Evangelho, nas Suas exortações e na vivência que Ele requer a fim de sermos discípulos de Jesus Cristo.

Pastor CelestinoTorres de Oliveira